SIES

Dados gerais do Segundo Mapeamento Nacional

Acesse o Boletim Acontece da SENAES para ver os resultados.

Dados preliminares da Região Sul e Norte, do Segundo Mapeamento Nacional

Acesse a divulgação dos dados preliminares do 2º Mapeamento da Região Norte e Sul.

Cartilha Informativa - Mapeamento Região Sul

Acesse aqui a cartilha informativa com os dados completos do 2º mapeamento da Economia Solidária da região Sul.

 


Estudos

Conhecer globalmente: um desafio inadiável dos estudos sobre a Economia Solidária (Otra Economia - 2014)

O artigo procura dar contuidade a linha de reflexão sobre novos horizontes investigativos e sobre os métodos de pesquisa a serem utilizados, defendendo a transição de estudos pontuais para análises capazes e mensurar e identificar tendências sistêmicas advindas da economia solidária. Clique aqui

Solidarity economy enterprises in Brazil: An overview from the second national mapping (ICSEM - 2014)

This paper constitutes an input whose main purpose is to compare social enterprise models and their respective institutionalization processes across the world. Click here.

Relação entre o grau de solidarismo e o índice de sobrevivência de empreendimentos econômicos solidários na região sul do Brasil (Rulescoop - 2013) 

O texto procura mostrar, especialmente, se um menor ou maior grau de solidarismo tende a levar os empreendimentos a uma situação de sobrevivência ou mortandade.  Clique aqui

O Mapeamento Nacional e o Conhecimento da Economia Solidária (ABET - 2013)

O artigo destaca lacunas importantes no estado de conhecimento sobre a Economia Solidária no Brasil,relacionando-as com dificuldades conceituais e com a inexistência de dados estatisticamente atualizados e apropriados a inventariar esse campo de práticas. Clique aqui

Práticas sociais e conhecimento acadêmico no campo da economia solidária (BIB - 2013)

Este artigo busca salientar alguns dos fatores que delinearam a produção de conhecimentos sobre a Economia Solidária no Brasil nas últimas décadas. Clique aqui

As fronteiras da Economia Solidária - Uma análise a partir do Mapeamento Nacional (Cadernos de extensão IHU - 2013)

O presente trabalho tem como objetivo estudar as características da economia solidária com base nos dados do Primeiro Mapeamento e no processo do Segundo Mapeamento Nacional. Isto é, o que podemos considerar economia solidária e o que não podemos, não apenas com o conceito trabalhado e amplamente difundido, mas com a realidade, a variedade e a ambivalência com a qual nos deparamos no dia a dia. Clique aqui.

A economia solidária e a revitalização do paradigma cooperativo (Revista Brasileira de Ciências Sociais - 2013)

Novas cooperativas de produção e de prestação de serviços, cuja racionalidade integra quesitos de solidarismo e de empreendedorismo, têm desenvolvido igualmente as dimensões sociais e políticas da empresa econômica, em favor dos trabalhadores, de sorte que o campo heterogêneo e controverso do cooperativismo sofre questionamentos e processos de renovação. O artigo desenvolve esses temas em perspectiva histórica, a partir de revisão bibliográfica e de diversas pesquisas empíricas, com destaque aos dados do primeiro Mapeamento Nacional da Economia Solidária no Brasil. Clique aqui.

Novas questões de pesquisa para a análise do mapeamento (Sociedade e Estado - 2012)

O artigo discute algumas frentes de trabalho ainda merecedoras de investigação e consolidação teórica, no âmbito do que considera como pauta de pesquisa já em evidência. A seguir, chama atenção para aspectos do padrão de pesquisa vigente nesse campo, uma vez que seu entrelaçamento com a práxis política da Economia Solidária tende a resultar em renúncias a tratar determinados problemas e em lacunas de conhecimento. Diante disso, propõe bases para um delineamento investigativo com maior amplitude cognitiva, em especial no sentido de reconhecer os fatores primordiais de impulsão da Economia Solidária e a sua irredutibilidade ao econômico. Clique aqui.

A equidade entre os membros viabiliza os empreendimentos solidários (Lua Nova - 2011)

O artigo aborda a economia solidária como geração de renda para o combate à pobreza mediante o exame de evidências colhidas em pesquisas empíricas e por meio de uma exploração dos dados finais do Primeiro Mapeamento Nacional da Economia Solidária no Brasil. Ao comparar os empreendimentos solidários com as características gerais das empresas no país, segundo as estatísticas nacionais, sobressaem-se singularidades dos empreendimentos solidários, como a propensão a preservar os postos de trabalho e a manter princípios igualitários na distribuição dos rendimentos e benefícios decorrentes de suas atividades econômicas. Clique aqui.

O papel da economia solidária no combate às desigualdades (Revista Caderno CRH - 2009)

O trabalho retoma o debate sobre as vias de resolução das desigualdades, sustentando que as iniciativas com esse fim necessitam visar à ativação econômica dos setores desfavorecidos, forma mais indicada para gerar equidade e desenvolvimento. Clique aqui.

A outra racionalidade da economia solidária (Revista Crítica de Ciências Sociais - 2007)

O artigo examina os resultados empíricos do primeiro levantamento nacional sobre a economia solidária realizado no Brasil, que coletou dados sobre quase 22 mil experiências. Clique aqui.